Manifestação cultural: música e fé no Círio de Nossa Senhora de Nazaré, Belém (PA)

Amanda da Silva Coutinho, Ananda Cristina de Oliveira Lima, Jéssika França Farah

Resumo


Celebrações profanas e religiosas são de grande interesse para a população e para o turista que passa a ter contato com produtos e vivências de características antagônicas que se complementam. O Círio de Nazaré com o sagrado e o profano, este, presente à revelia e em grande número, unem tradição, cultura, fé e espontaneidade, atrativos estes que permitem o Turismo Cultural tendo religião como foco. Sob o sol, retumbão, carimbó, brinquedões de miriti os brincantes cantam e dançam para a padroeira do Pará. Enquanto que paralelo a isso, o poder do capital transforma o conhecimento enraizado em produto turístico banal e, portanto mercadoria. Neste artigo há uma breve análise da atmosfera que o Arrastão do Círio proporciona para turista e população anfitriã durante a Festividade do Círio. Este artigo objetiva, também, apresentar a música e a fé como manifestações da cultura popular intensificadas durante o Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Belém (PA). Através da pesquisa de campo com aplicação de questionários notou-se maior identificação de elementos profanos, ainda que sagrado e profano apareçam em fusão no cortejo, o reconhecimento deste é mais frequente. Cultura popular e cultura do capital, a primeira tentando sempre a reinvenção para não deixar que desapareça sujeitando-se a imposição da segunda. A economia dando a ultima palavra.

Texto completo: PDF

ISSN: 1983-9391
Copyright © RBECOTUR - São Paulo - SP / Brasil - Design by Lucas Neiman
Licenciada sob Creative Commons