Apontamentos históricos sobre o Turismo Social

Bernardo Lazary Cheibub

Resumo


Este artigo é fruto de uma investigação em andamento, desde 2011, acerca da origem, constituição e implementação da ideia de turismo social no Serviço Social do Comércio (Sesc), examinando as circunstâncias em que o lazer e o turismo tornam-se relevantes nas suas políticas. Procuramos entender as metamorfoses e readequações que nortearam as ações da Instituição, e como as modificações no conceito de turismo social no Brasil e no mundo vêm dialogando com suas diretrizes, posturas e intenções. Mapeamos e analisamos a produção acadêmica, sobretudo brasileira, que de forma central ou tangencial, abordou a temática. Foram realizadas quatro entrevistas, com profissionais responsáveis pelos setores de pesquisa e documentação das administrações regionais do Sesc do Rio de Janeiro e de São Paulo – duas regionais atuantes e “atentas” às ideias e mudanças envolvendo o turismo social no mundo e representativas na história do turismo social no país – e com profissionais do setor de Turismo Social do Departamento Nacional, que compõem uma equipe responsável pelas diretrizes nacionais do Sesc. Foram feitas algumas visitas à Biblioteca do Sesc Nacional, um dos poucos lugares que congrega documentos importantes relacionados à história do Turismo Social na Instituição.

Texto completo: PDF

ISSN: 1983-9391
Copyright © RBECOTUR - São Paulo - SP / Brasil - Design by Lucas Neiman
Licenciada sob Creative Commons